Brasília, 15 de fevereiro de 2007

Operação Rio Nilo

Com apoio da Secretaria da Receita Federal, foi deflagrada pelo Departamento de Polícia Federal na manhã de hoje, nos estados de São Paulo e Amazonas, a Operação RIO NILO, com a execução de cerca de 80 mandados de busca e apreensão e 60 mandados de prisão. A operação conta ainda com a participação da Secretaria de Fazenda do Estado de São Paulo. A investigação identificou esquema de simulação de operações de remessa de mercadorias de empresas localizadas em São Paulo para empresas da área da Zona Franca de Manaus, com larga utilização de notas fiscais frias, com o objetivo principal de gerar, acumular e transmitir créditos de ICMS a terceiras empresas. Somente uma das mais de 40 empresas envolvidas movimentou, no período de 2002 a 2005, em torno de R$ 1,5 bilhões, não oferecidos à tributação. O esquema de geração de créditos fraudulentos ora desvendado necessitava da participação de servidores da SUFRAMA, uma vez que a convalidação das operações deveria ser chancelada por estes.

 

Assessoria de Imprensa da SRF

 

A Receita Federal agradece a sua visita. Para informações sobre política de privacidade e uso, clique aqui.
Atualize sua página