Síntese Histórica das Aduanas Brasileiras.  - Letra F

Alfândega de Florianópolis - Até o princípio deste século, era mais conhecida como Alfândega de Santa Catarina. Em 1750, foi instalada na vila de Desterro, hoje Florianópolis, uma Provedoria da Fazenda. Provavelmente tinha atribuições aduaneiras, mas, com o tempo, parece que estas caíram em desuso, pois, em 15 de abril de 1800, a Coroa portuguesa criou uma alfândega na ilha de Santa Catarina. Até 1826, porém, ela ainda não havia sido instalada. O Regulamento Aduaneiro de 1832 já a menciona. Na manhã de 24 de abril de 1866, seu prédio explodiu, causando dez vítimas fatais (3). Dois anos depois estava alojada em prédio alugado; a Decisão n. 211, de 13 de junho de 1868, aprovou contrato celebrado com Joaquim Uriarte para arrendamento de uma casa para a alfândega de Santa Catarina, "a qual tem estado em casa imprópria e balda de acomodações". Novo edifício foi construído, sendo inaugurado em 1876, mas hoje abriga o Museu Histórico de Santa Catarina. Em 1969, ela foi integrada à Delegacia da Receita Federal de Florianópolis.

- Félix Gomes de Figueiredo (1750-1777)
- Manuel Rodrigues (interino) (1763)
- Antônio da Veiga Cabral da Câmara (1774)
- João Prestes de Melo (1790)
- João Prestes Barreto Fontoura (1816)

- Eleutério José Velho Bezerra (1847-1848)
- João Gonçalves da Silva Peixoto (interino) (1848)
- Francisco José de Oliveira (1869-1870)
- Henrique Gomes de Oliveira (1873)
- João Lopes Carneiro de Fontoura (1875)
- Raimundo Ferreira de Oliveira Mello (1878)
- Pedro Caetano Martins da Costa (1881-1887)
- João Augusto Fagundes de Mello (1889)
- Ernesto Manoel da Silva (n.24/1/1893-1895)
- Alexandre Magno Aducci (interino) (11/1894)
- Augusto Rangel Alvim (n.9/1897-1900)
- Alfredo Theotonio Costa (disp. 1907)
- Antônio Eduardo Lenhoff de Brito (n. 1907-disp.15/7/1909)
- João Pamphilo de Lima Ferreira (n. 15/7/1909)
- José Maria Vossio Brigido (1911-disp. 17/4/1913).
- Antônio Pacheco Ribeiro Júnior (n.11/3/1914)
- Francisco Abdon Arroxellas (n. 8//1/1923)
- José da Silva Juruena (disp. 6/2/1931)
- Orlando de Faria Caldas (n.7/2/1931-s. efeito 13/2/1931)
- Luiz Xavier do Valle (n. 22/02/1931- s. efeito 20/3/1931).
- Odilio Martins de Araujo (n.1/4/1931-disp.9/4/1932)
- Antenor Augusto Vilela (n. 26/4/1932.-1933)
- Paulo da Rocha Teixeira (1943)
- Clementino Fausto Barcelos de Brito (substituto eventual) (1943)
- Benedicto Ribeiro Borges (1945)
- Clementino Fausto Barcelos de Brito (1948)
- João Frederico Hacker (1965)

- Umberto Ramagem Paz (1969-1970)
- Jairo Lisboa (1970-1975)
- Egar Diaz (1975-1985)
- Paulo Romero (1985-1986)
- Elmo Tambosi (1986-1989)
- Gilson Rogério Morais (1989-1994)
- Antônio Zomer (1995-1996)

Alfândega de Fortaleza - As más condições do porto de Fortaleza, que obrigavam os navios de maior calado a tranferir sua carga para jangadas, retardaram a instalação de uma aduana na capital. Só no princípio do século XIX Fortaleza teve sua alfândega. Ela foi criada por uma alvará de 1810 e instalada em 10 de julho de 1812. Já é mencionada no regulamento aduaneiro de 1832.. Em 1968 ela foi integrada à Delegacia da Receita Federal de Fortaleza. Só recuperou sua identidade autônoma em 1992, com a instalação da Inspetoria da Alfândega do Porto de Fortaleza.

- José Gervazio de Amorim Garcia (1847-1848)
- Levino Pinto Brandão (1869)
- João Antônio Machado (1873-1875)
- José Mariano da Costa Nunes (1878)
- Luiz Carlos da Silva Peixoto (1881-1889)
- José Basson de Miranda Osório (1884-1889)
- Leopoldo Leonel de Alencar (disp.11/11/1892)
- Pedro Caetano Martins Costa (n.11/11/1892)
- Germano Machado (1895)
- Alves da Silva (1897)
- Silvério (9/1898-1/1900)
- Antônio Alfredo da Gama e Mello (disp. 1/10/1901)
- Alfredo Nicolao dos Santos (n. 3/10/1901)
- Ernesto Manoel da Silva (aposent. 31/10/1901)
- Manoel Raimundo Corrêa de Faria (disp. 12/4/1905)
- Annibal de Souza Castro (n. 20/5/1905 - disp. 4/9/1909)
- Francisco de Araújo Domingues Carneiro (n. 4/9/1909)
- José da Rocha Padilha (n. 6/10/1912-disp. 18/6/1913)
- Uldarico Bezerra Cavalcanti (n.18/6/1913)
- Antônio Heráclito Carneiro Campello (n. 12/1914)
- Daniel Lenz de Araujo Cezar (disp. 14/1/1926)
- Antônio Eustachio Coelho (n. 16/1/1926)
- Alberto Solano Carneiro da Cunha (12/1/1926)
- Antônio Eustachio Coelho (disp. 4/1/1931)
- Oswaldo Telles de Souza (n. 2/1/1931- disp.11/3/1936)
- Luís Cavalcante Sucupira (1937-1945)
- Clóvis de Vasconcelos (1948 )
- Sebastião Duarte Cavalcante (disp. 7/4/1964)
- Alfredo Brasil Montenegro (n. 7/4/1964-1965)

- Hildo de Pinho Pessoa (1969-1974)
- José Lopes Tabatinga (1974-1980)
- Luiz de Sousa Sampaio (1980-1986)
- Aldenor Abrantes (1986-1989)
- João Batista Carmo Costa (1992)

- Luiz Marconi Bezerra de Oliveira (1992-1994)
- José Napoleão Soares (1995-1996)

Alfândega de Foz do Iguaçu - O decreto n. 63.595, de 12/11/1968, previa a transformação da Mesa de Rendas de Foz do Iguaçu-PR em alfândega, mas a criação da SRF, poucos dias depois, tornou essa medida inoperante.